Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Lua de mel: como escolher o destino e fazê-lo caber no seu tempo e bolso

cinco dicas para ajudar a acertar nessa decisão

Por Alícia Uchôa, do blog As Viajantes
Fotos Getty Images

Definir onde passar a lua de mel é quase tão difícil quanto escolher o vestido de noiva perfeito: muitas opções, muitos preços, muitos estilos diferentes. Para não transformar aquela que é pra ser a viagem dos seus sonhos em pesadelo, a gente te ajuda com dicas para você acertar na escolha do (seu) paraíso.

  • 1
    Levantando informações básicas
    A primeira coisa é se organizar e saber exatamente quantos dias livres vocês vão ter para fazer a viagem. Outra questão é o orçamento disponível. Sabendo o tempo livre e o orçamento, você consegue restringir o mapa múndi pelo preço da passagem, da hospedagem e dos passeios também. Com esse panorama, vocês poderão definir quanto tempo podem investir no deslocamento até o destino final e dosar o custo-benefício.
  • 2
    O paraíso tem significados diferentes pra cada um
    Antes de ficar imaginando o seu sonho dourado, discuta com o noivo que tipo de viagem vocês vão fazer. Tudo bem que na festa a noiva é a estrela, mas a viagem é dos dois. Então, decidam juntos se querem uma viagem estritamente romântica, não importando onde; uns dias em sintonia com a natureza, ou se preferem um destino com um ar urbano, mais agitado e com muito a explorar. Sem esquecer, é claro, dos momentos de romance.
  • 3
    Viagem nacional ou internacional?
    Essa é, talvez, a decisão mais importante. Decidindo isso, você vai ter um filtro básico para conseguir o foco necessário. Considerar se vai ou não usar milhas na passagem também te ajuda a saber até onde dá pra ir. Outro ponto a considerar é a época do ano em que será o casamento. Saber a temperatura de cada hemisfério e quando acontecem as temporadas de furacão (no Caribe, por exemplo) ou monções (para ir à Ásia) será essencial para escolher neve ou praia, levando em conta que tipo de atividade será possível fazer em cada uma das opções. Sem contar que se a viagem for em baixa temporada, seu orçamento vai render muito mais.
  • 4
    Foco é fundamental
    Quando se fala em viagem, milhares de amigos e familiares têm experiências incríveis em milhões de lugares diferentes e querem te dar todas as dicas. Claro que sugestões são bem vindas, mas se policie para não embarcar em tudo e enlouquecer. Ser bombardeada de muitas ideias ao mesmo tempo pode causar mais confusão do que te dar uma solução de fato. E, acredite, no meio dos preparativos de um casamento, você vai dispensar problemas extras. Então, foque no tipo de viagem e no orçamento disponível e invista nas informações que cabem no seu sonho – e no seu bolso.
  • 5
    Questões práticas
    Se vocês forem do tipo de casal que gosta de se acabar em festas, não escolha voos de ida logo após a festa ou no dia seguinte de manhã cedinho. Ficar horas no avião de ressaca não é coisa que se deseje nem pra inimigo. Ah, também lembre-se que é pra ser uma viagem a dois. Então, se nós fôssemos vocês, dispensaríamos excursões fechadas, em que vocês terão que seguir tempo, horário e o gosto dos outros. Se for inevitável, prefira pegar um passeio de um dia em grupo no hotel, em vez de comprometer todo o roteiro nesse esquema.
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s