Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Em fotografia subaquatica, o flash e fundamental

Veja dicas de como escolher o mais importante acessório da câmera e detalhes sobre seu uso nas imagens feitas debaixo d’água

Casal fotografa coral debaixo d'água. Foto: Rich Carey / Shutterstock

Casal fotografa coral debaixo d’água. Foto: Rich Carey / Shutterstock

Por Érico Elias (texto) e Ary Amarante (consultoria)

 

Na terceira aula sobre fotografia subaquática, o especialista Ary Amarante mostra dicas importantes para escolher, comprar e usar o acessório essencial para quem quer evoluir no segmento: o flash. Como foi visto na primeira aula, o ambiente aquoso traz diversas limitações físicas à atuação do fotógrafo. Uma das principais está associada à rápida perda de intensidade da luz do sol ao penetrar na água. Além disso, os raios solares são filtrados, causando a perda de capacidade de reflexão de tonalidades entre o amarelo e o vermelho no espectro visível. Por essa razão, o flash é fundamental em fotossub.

O papel do flash é assegurar que o fotógrafo consiga reproduzir as cores reais dos objetos em profundidades abaixo de 5 metros. Além disso, o acessório possibilita fotografar usando pequenas aberturas de diafragma, para obter grande profundidade de campo em fotos macros e ajuda a evitar o uso de sensibilidades ISO muito altas – neste caso, para compensar a perda de intensidade da luz solar, o que acaba gerando ruído nas imagens.

“Quem está começando em fotossub sente um grande salto na qualidade das fotos quando começa a dominar o uso do flash. Por essa razão, é indicado investir no acessório logo de cara. Ele é tão importante debaixo d’água que não é um item opcional, mas obrigatório”, explica Ary.

Para fazer a iluminação na água, há também a opção de uso de luz contínua. Porém, o acessório só é indicado para vídeo. Justamente por conta da grande perda de intensidade da luz ao se deslocar no meio aquoso, os equipamentos de luz contínua demandam grande potência e, por consequência, enormes baterias de alimentação.

O flash é a forma mais indicada de iluminação para as fotos, pois consegue atingir disparos com maior potência do que a luz contínua e acaba consumindo menos energia, uma vez que não fica ligado o tempo todo.

 

Continue lendo a matéria clicando em http://www.fotografemelhor.com.br

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s