Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Quando trabalhar de graça

Se tem uma coisa que fotógrafo profissional (no sentido esnobe da palavra) odeia, é trabalhar de graça. Eles também odeiam quando quem está começando não cobra nada, para formar portfolio, e acaba roubando seu cliente. Acho isso o fim da picada, porque trabalhar de graça não é tão ruim assim. Só que existe o outro lado da história: você sabe quando trabalhar de graça vale a pena?

Trabalhe de graça ou pelo preço completo, nunca pela metade

Fazer um trabalho de graça não é necessariamente desvalorizar o seu trabalho (afinal você estará fazendo isso por algum motivo egoísta de qualquer forma hehehehe) – pior que isso é você cobrar menos do que você vale.

moedas-porclaudiaregina

Vamos para um exemplo:

Digamos que você gasta 100 reais para oferecer um produto e o vende para o seu cliente por 200. Se você dar um desconto de 50% você estará pagando somente o seu custo, e tendo que oferecer o mesmo do que se estivesse recebendo o seu lucro! Não é bom para você (que vai estar trabalhando sem nenhuma motivação), não é bom pro seu cliente (que irá receber um produto inferior pela sua falta de motivação) e não é bom para sua imagem(afinal seu cliente vai achar que você estava passando a perna dele, pensando que os 100 ainda possuem lucro e que o seu lucro anterior era absurdamente enorme e injusto.) Por isso não interessa o motivo: se você está considerando dar um grande desconto considere não cobrar nada de uma vez por todas!

Lembre-se que trabalhar de graça é sim um favor, então a empresa/pessoa para quem você está dando esse favor vai estar ciente disso e vai saber que terá que ceder em algum ponto.

Seja qual for o motivo que você vai estar trabalhando de graça esses 100 reais de custo serão o seu investimento, o cliente vai receber um produto de qualidade e os dois terão suas vantagens (que terão sido previamente combinadas.)

Dito isso, vamos ao que interessa: quando trabalhar de graça?

Quando você está começando

Este cenário todo mundo já conhece: estamos começando e além da falta de experiência temos falta de portfolio. Não temos um quantidade de trabalhos suficiente para conseguir outros e isso vira uma bola de neve. A solução?Trabalhar de graça.

Dependendo da sua área você pode procurar outros fotógrafos que estejam dispostos a te acolher – te levar em um evento, viagem, ensaio, job – e nessa hora, meus amigos, a dica lá em cima vale como ouro: trabalhe de graça, mas nunca por pouco! Não deixe que nenhuma empresa de fotografia ou fotógrafo espertinhos façam você de escravo. Deixe claro que está montando seu portfolio e gostaria de juntar mais experiência, e por isso não vai cobrar pelo trabalho.

 

Continue lendo no site Dicas de Fotografia, clicando aqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s