Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Fotógrafos brasileiros lançam banco de imagens editoriais gratuitas

O site Fotos Públicas reúne trabalhos divulgados por instituições governamentais e privadas, além de ter uma área premium com fotos exclusivas e elaboradas

Marcela Lima iG São Paulo

 

 

 

Divulgação

Fotógrafos e idealizadores do site Fotos Públicas, que procura democratizar o acesso gratuito a imagens espalhadas pela internet, unindo-as em um único local

Um grupo de fotógrafos acaba de lançar a plataforma digital Fotos Públicas , que disponibiliza fotos para download gratuito, sem a necessidade de cadastro no sistema, com uma política de uso regida pelo Creative Commons. Criado por fotógrafos Ricardo Stuckert, Cesar Itiberê, Edu Lopes, Hélio Campos Mello, Jorge Araújo, Juca Varella, Kelsen Fernandes e Paulo Pinto, o site reúne fotos divulgadas por instituições públicas e privadas. A proposta, segundo os empreendedores, é democratizar o acesso.

 

“Nós tentamos reunir fotos de instituições públicas e privadas que divulgam seu material gratuitamente, trabalhando com inteligência e colocando tudo em um local só”, conta Ricardo Stuckert, um dos idealizadores da nova agência e fotógrafo oficial do ex-presidente Lula. Para o profissional, o site Fotos Públicas funciona como um supermercado, onde todos os produtos necessários são encontrados, sem precisar ir a outros “estabelecimentos”. A única ressalva, no entanto, é em relação a reprodução. “As pessoas podem pegar as fotos e usá-las sem nenhum problema, desde que não vendam e não usem para fins de publicidade”, explica Stuckert.

De fotógrafos a empresários

A ideia de criar o negócio surgiu em um jantar informal na casa de Jorge Araújo e ficou no papel durante um ano até criar forma na internet. Os idealizadores decidiram juntar a experiência fotográfica com a jornalística – a maioria já passou pelo cargo de editor de fotografia e por outras áreas em diversos jornais e revistas.

 

Como o principal apelo do novo serviço são as imagens gratuitas, o grupo precisava encontrar uma forma de tornar o negócio rentável. Assim, os sócios decidiram criar uma área premium, com imagens exclusivas feitas por fotógrafos com trabalho reconhecido, além de grandes fotorreportagens sobre vários temas. A ideia é oferecer o material para veículos de comunicação impressos e online. “Se um fotógrafo tiver um trabalho bom e inédito, nós vamos negociar isso como em uma agência de fotografia”, conta Stuckert. “Daremos um valor enorme a esta área. Vamos ficar um mês na Amazônia, além de firmar parcerias com profissionais de renome que queiram trazer o material e colocar no nosso site, com um olhar nosso, com a nossa edição”, completa.

No site Fotos Públicas podem ser encontradas fotos de agências, de órgãos públicos ou privados. Acima, o cartunista Ziraldo, clicado pela Agência Brasil. Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil
1/7

Outro serviço pago é o de assessoria de imagem. Se uma empresa planeja lançar um produto, procura o Fotos Públicas para que a equipe fotografe, dê uma consultoria e divulgue o material no site. O preço desse serviço varia de acordo com do número de fotos e do tempo de trabalho.

Início

Para divulgar a plataforma, os fotógrafos falaram com amigos e com editores. “Todo mundo é do mercado, então nós vamos falando para os amigos, para os editores de jornais”, conta Stuckert. O grupo pretende fazer uma campanha para enviar e-mails, além de utilizar as redes sociais. Além disso, o Fotos Públicas busca parceiros para divulgar o trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s