Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Fotógrafo húngaro Carlos Spottorno traduz em imagens a crise que assola Portugal, Itália, Grécia e Espanha

Carlos Spottorno mostrou com fotos a crise nos chamados ‘Pigs’.
Acrônimo de países problemáticos reúne Portugal, Itália, Grécia e Espanha.

Simone Cunha

Do G1, em São Paulo

E se conseguissemos ver o significado do termo “PIGS”, criado para idenificar os países Europeus em crise?, pensou o fotógrafo Carlos Spottorno.

Capa do livro 'The Pigs', do fotógrafo Carlos Spottorno. (Foto: Carlos Spottorno)Capa do livro ‘The Pigs’, do fotógrafo Carlos
Spottorno (Foto: Carlos Spottorno)

A busca por responder ao questionamento virou o livro “The Pigs”, com imagens de desigualdades sociais, pobreza e abandono em Portugal, Itália, Grécia e Espanha (cujas iniciais formam, em inglês, o acrônimo Pigs), uma série de fotos que se encaixa na ideia de união entre os países pelos problemas econômicos: é a forma como Spottorno imagina que os economistas veem os quatro países.

Tornando o acrônimo visível, por meio de 60 fotos, Spottorno pretende questionar a generalização e os clichês criados pelos mercados em relação aos problemas financeiros dos países.

“Acho que essas imagens refletem a realidade desses países, mas não como resultado da crise. Também acho que essas imagens são apenas uma parte desses países, só um lado da realidade. Em ‘The Pigs’, eu deliberadamente não mostro todas as coisas que eu gosto nesses países”, diz o fotógrafo aoG1, por e-mail.

Ele começou a fazer as fotos em 2007, início da crise financeira, mas só em 2009 estruturou a ideia do livro. O resultado, como ele diz em seu site, “é uma coleção de clichês, verdadeiros e incompletos”.

“Da mesma forma como um guia de viagem cuidadosamente evita qualquer coisa que pareça pouco atrativa, este livro mostra muito do que achamos vergonhoso, algumas vezes de forma certa e em outra, injustamente”, escreve o fotógrafo, nascido em Budaspeste, na Hungria, e criado na Espanha, Itália e França.

O Residencial Francisco Hernando, em Sesena, perto de Madri, é um exemplo da especulação imobiliária: construído em uma área sem escolas, hospitais ou lojas, está parcialmente vazio. (Foto: Carlos Spottorno)Entre as fotos do livro há esta, do Residencial Francisco Hernando, em Sesena, perto de Madri. Exemplo de especulação imobiliária, ele foi construído em uma área sem escolas, hospitais ou lojas, e hoje está parcialmente vazio (Foto: Carlos Spottorno)

Para Spottorno, o acrônimo é uma decisão editorial idiota e difícil de acreditar, “ainda mais vindo de uma revista equilibrada como a ‘The Economist'”.

Em suas fotos, ele vê a falta do que é positivo, bonito e promissor nestes países. “Para quem não é daqui, é uma superexposição a clichês que deveriam resultar em uma reação ao sentido oposto. As pessoas deveriam perceber que são apenas clichês e, ao juntá-los, parecem falsos e injustos”, diz.

Prédios abandonados em Mondelo, na Itália. Eles estão embargados há duas décadas, após disputas entre ambientalistas e o governo local. (Foto: Carlos Spottorno)Prédios abandonados em Mondelo, na Itália. Eles estão embargados há duas décadas, após disputas entre ambientalistas e o governo local (Foto: Carlos Spottorno)
Cigano segura seu cavalo após limpá-lo, em Portimão, área urbana de Portugal. A presença de cavalos em áreas urbanas aponta que há diferentes níveis de desenvolvimento. (Foto: Carlos Spottorno)Cigano segura seu cavalo após limpá-lo, em Portimão, área urbana de Portugal. A presença de cavalos em áreas urbanas aponta que há diferentes níveis de desenvolvimento (Foto: Carlos Spottorno)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s