Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Smartphones, Instagram, Dropbox: como a fotografia ficou popular

A advogada e modelo Carla de Arantes, de 25 anos, de Araçatuba, afirma gostar muito de fotografia

  A fotografia nunca esteve tão popular quanto hoje. Com recursos cada vez mais acessíveis, a imagem ganhou praticamente a mesma frequência das palavras nas redes sociais. Ao contrário dos primeiros anos da fotografia – quando os equipamentos eram raros (e caros), utilizados apenas por profissionais – atualmente, qualquer pessoa, com um simples toque na tela de um smartphone, pode não só capturar um momento, mas também divulgá-lo para o mundo.

E não só momentos especiais se tornam fotos. Se antes havia a necessidade de revelar filmes, agora tudo é colocado na internet numa velocidade incrível, e isso inclui reuniões com amigos, comida, acidentes, uma roupa na vitrine e mais uma infinidade de coisas. O Facebook e aplicativos como o Instagram (que permite que usuários fotografem, editem suas imagens e as publiquem nas redes) abriram as portas para uma espécie de democratização da fotografia.

A advogada e modelo Carla de Arantes, 25, de Araçatuba, afirma gostar muito de fotografia. Tanto que, em sua primeira viagem à Europa, em setembro do ano passado, voltou com cerca de 1,5 mil imagens. Detalhe: tudo pelo smartphone. “Comprei um cartão de memória de 32 GB para o celular. É muito mais prático, pois, além de poder publicar algumas das fotos imediatamente, meu aparelho é conectado com o Dropbox, então as imagens já ficavam armazenadas nele, sem que eu tivesse a necessidade de cabos para transferir para um computador”, explica.

DIA
Hoje, 8 de janeiro, é comemorado o Dia Nacional do Fotógrafo e da Fotografia. E o que os profissionais da área pensam sobre o “boom” da fotografia democrática nas redes sociais? Para o fotógrafo e professor de fotografia Clayton Khan, 31, de Araçatuba,que também é usuário do Instagram, existem diversas vantagens. O repórter fotográfico Alexandre Souza, 42, da equipe da Folha da Região e vencedor de uma das categorias do 7º Prêmio New Holland de Fotojornalismo, também tem uma conta no Instagram, mas afirma utilizar pouco. Ele diz gostar de ver os momentos registrados pelos amigos na rede e também incentiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s