Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Arquivo de fotógrafo da Primeira Guerra fica disponível na web

Costică Acsinte era fotógrafo do exército romeno.
Depois da guerra ele montou um estúdio comercial próximo de Bucareste.

Guilherme Tosetto

Do G1, em São Paulo

 

Imagem digitalizada do arquivo de Costică Acsinte (Foto: Costică Acsinte Archive )
Imagem digitalizada do arquivo de Costică Acsinte (Foto: Costică Acsinte Archive )

Um arquivo de mais de 5 mil negativos de um fotógrafo romeno começa a ser revelado e está disponível desde novembro de 2013 para consulta livre em uma página do Flickr. Costică Acsinte, nascido em 1897, foi o fotógrafo oficial do exército da Romênia durante a Primeira Guerra.

Com o fim da guerra ele passou a se dedicar à fotografia comercial e montou um estúdio em Slobozia, cerca de 80 km a leste da capital Bucareste. Os milhares de rostos retratados após 1920 começam a aparecer com a digitalização do arquivo pelo Ialomița County Museum.

Por duas décadas depois da guerra, ele era provavelmente o único fotógrafo profissional na região e continuou trabalhando até sua morte em 1984, construído um arquivo que contém mais de 5 mil negativos em placa de vidro e centenas de cópias em papel.

“Qualquer um que precisava de uma imagem ia a seu estúdio”, diz Cezar Popescu, responsável pela digitalização do arquivo de Acsinte sem apoio institucional ou do estado. Popescu, cujo pai havia trabalhado com o filho de Acsinte como fotógrafo, reconheceu o trabalho depois que um museu de história regional publicou alguns cartões postais a partir do arquivo.

O museu tinha adquirido o material da família de Acsinte poucos anos após sua morte. As fotos permaneceram praticamente intocadas até que Popescu finalmente convenceu o museu a deixá-lo digitalizá-las antes que elas se desintegrassem completamente.

“Peça por peça, espero adicionar o máximo de informações que puder”, diz em uma entrevista à “Time”, “mas neste momento a minha principal preocupação é fazer com que as placas sejam digitalizadas. A degradação é bastante rápida, dia após dia, eu noto uma rachadura na emulsão.”

Poucos negativos têm datas ou legendas, a maioria não tem nenhuma pista que permita descobrir quem são os retratados. “Eu não sou o cara que pode dizer se o conteúdo das imagens é importante ou não. Para mim parece apenas uma pena perder algo tão insubstituível”, acredita Popescu.

Imagem digitalizada do arquivo de Costică Acsinte (Foto: Costică Acsinte Archive)
Imagem digitalizada do arquivo de Costică Acsinte (Foto: Costică Acsinte Archive)
Fotografia de casal ao lado de seus animais (Foto: Costică Acsinte Archive)
Fotografia de casal ao lado de seus animais (Foto: Costică Acsinte Archive)
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s