Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Veja como conservar e prolongar a vida útil da bateria de sua câmera fotográfica

Sabe quando você está utilizando sua câmera fotográfica e no momento em que você mais precisa de sua bateria ela já está em nível de alerta vermelho? Pois é, muita gente deixou de registrar belas imagens porque a energia acabou.

CNet dá algumas dicas de como prolongar a vida útil e a autonomia da sua bateria, confira:

1. Desligue a tela de LCD.

Se você está utilizando uma câmera com single lens reflex (SLR), semelhante às analógicas, é possível usar o visor para compor as imagens, ao invés de depender somente da tela LCD.

Obviamente, isso não é possível em câmeras que não dispõem de um visor. Leia com atenção a documentação de sua máquina para entender como você pode visualizar a cena sem a necessidade de estar com a LCD ligada para isso e preste atenção na possibilidade de erro de paralaxe, que pode distorcer o resultado final.

2. Faça boa manutenção da bateria.

Ao viajar para lugares de clima frio, mantenha as baterias em lugar com temperatura amena, pode ser nos bolsos ou numa mala. Alguns fotógrafos até mesmo carregam um aquecedor em torno da câmera para manter melhor a energia.

Retire as baterias da câmera quando não utilizá-la por um longo período, já que a máquina pode drenar energia aos poucos.

3. Modo de economia de bateria.

Se não puder desligar a tela de LCD da câmera, investigue os menus até encontrar alguma opção de economia de bateria, desde as alternativas de desligamento e espera até a intensidade de brilho do display.

Deixar o brilho da tela no automático e desligar a opção de conferir a foto depois que ela é feita também pode diminuir o gasto da bateria.

4. Desligue o que for supérfluo.

Bateria câmera fotográfica

Algumas funcionalidades agregam charme e podem até ajudar iniciantes, contudo, não são assim necessárias para o uso cotidiano.

A estabilização de imagem é uma dessas opções que consomem bastante energia. Ao utilizar tripés ou em ambientes externos com grande claridade, vale a pena desligar essa alternativa e economizar.

O autofoco também gasta rapidamente a bateria, portanto, é de se considerar a possibilidade de tentar fazer o foco manualmente. O consumo de energia para isso é alto, especialmente em situações de pouca luz, em que as lentes fazem um esforço extra pra encontrar o conteúdo de maior relevância.

Se você não consegue viver sem o autofoco, então tente encontrar o modo “single-point AF” (autofoco em apenas um ponto) ou algo semelhante, capaz de “resumir” a imagem em apenas um ponto. Também evite usar o foco por meio da “meia-pressão” do gatilho, pressionando-o somente quando for fazer a imagem.

Se a câmera utilizar GPS e conexão via Wi-Fi, é aconselhável também desligar essas opções nos momentos em que os mesmos não forem necessários, porque são grandes responsáveis por alto consumo de bateria.

5. Invista em uma segunda bateria.

Ter uma bateria extra é uma das precauções mais comuns para quem quer ter energia a mais. No entanto, é bom lembrar que alguns fabricantes, como a Panasonic, não aceitam baterias de terceiros em suas máquinas.

Muitas câmeras também são compatíveis com alças de baterias recarregáveis, que podem dar uma turbinada na bateria principal.

6. Faça fotos sem o uso de flash.

A luz do flash é uma das opções que mais consomem a bateria, portanto, tente sempre utilizar sua máquina sem a necessidade de brilho extra.

Considere também a possibilidade de usar outro dispositivo para fazer a luz e conservar a energia de sua câmera principal.

7. Evite exposição excessiva e vídeos.

A fotografia de longa exposição drena muita bateria, assim como ISO alto e a captação de imagens em alta resolução. Lembre-se, o registro audiovisual não só promove utilização interna mais intensa como também usa a tela LCD da máquina.

As dicas podem parecer óbvias, entretanto, se somadas, são capazes de preservar bastante a bateria, não somente em autonomia como também em vida útil. E, acima de tudo, se você lembrar dessas pequenas alterações, pode ser que tenha aquele extra para a última foto que perderia por falta de energia.

Fonte: http://canaltech.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s