Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Yongnuo 35mm f/2 para Canon — a invasão chinesa

yongnuo_35mm_f2

Você, que é fotógrafo (seja amador ou profissional) e que leva a fotografia a sério já deve ter ouvido falar da Yongnuo. A empresa chinesa invadiu o mercado há alguns anos trazendo produtos genéricos com preços baixos e, pasmem, qualidade aceitável. A linha de radio flashes é muito bacana (tanto os manuais quanto os TTL) e os flashes compactos apresentam boa construção e qualidade para serem utilizados profissionalmente.

Agora, a empresa está investindo em lentes. Primeiro ela está trabalhando em cópias das lentes Canon, mas existe a promessa de que até o fim do ano também existam equipamentos para a Nikon. Claro que existe a acusação de engenharia reversa (que foi muito utilizada pela Sigma), mas o consumidor parece não se preocupar com isso, visto que conheço muita gente que se utiliza de equipamentos da empresa. A Yongnuo já havia lançado uma 50 mm f/1,8; que é praticamente uma cópia da versão original, sendo a primeira lente com foco automático produzida pela empresa (você pode ver um review aqui). Agora, temos o lançamento da 35 mm f/2.

A principal diferença aqui é que a 35 mm não é uma cópia idêntica da lente da Canon. O design é bonito e a lente é feita em metal, os contatos são banhados a ouro e a lente pode trabalhar com foco automático ou manual. O diafragma é composto por 7 lâminas, a distância focal mínima é de 35 cm e o diâmetro do filtro é de 52 mm. Vale lembrar também que a lente possui conectores eletrônicos para transmitir dados do exif para a câmera.

A grande vantagem deste tipo de equipamento é o preço. A lente 35mm f/2 da Canon pode ser encontrada nos Estados Unidos por US$ 540,00. Já a versão tabajara da Yongnuo pode ser adquirida por US$ 122,00. Vai ter a mesma qualidade e rapidez? Claro que não, mas pode ser uma boa para o fotógrafo iniciante que quer brincar com profundidade de campo e ver como é fotografar com uma lente fixa sem ter que vender um rim para fazer o investimento. Só lembrando que quem possui uma câmera com sensor cropado, uma lente 35 mm é muito mais negócio do que a 50 mm que todo mundo indica como sendo a salvação da lavoura.

Fonte: Petapixel.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s