Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Matérias e Artigos sobre fotografia

O que acontece quando você derrama chá quente a -40ºC durante o pôr-do-sol

Michael Davies é canadense, vive na cidade de Ontario, e gosta de aproveitar as temperaturas extremas do país durante o inverno para se dedicar a uma de suas paixões: a fotografia.

Nos últimos 10 anos, Davies trabalhou como fotógrafo numa comunidade a sul do Círculo Ártico, em um lugar que tem pouco mais de 2 horas de luz solar por dia durante o inverno. As temperaturas são para lá de negativas e Davies quis registrar o que acontece quando chá fervente é lançado em tais condições (pista: ele congela instantaneamente, formando um bonito espetáculo de cristal).

Para captar as incríveis imagens que você vê abaixo, com o amigo Markus, tudo precisou ser pensando ao mínimo detalhe. Olha o que ele contou ao site This Is Colossal:

“Cerca das 13h, eu pulei na minha moto de neve, juntamente com o meu amigo Markus, e dirigimos 45 minutos para o topo de uma montanha nas proximidades, onde a luz (que é quase sempre rosa perto do solstício) teria atingido as colinas. Preparados com várias garrafas térmicas cheias de chá, nós começamos jogando e atirando o líquido para o ar. Nada foi ao acaso. Monitorizei a temperatura, esperei que o vento estivesse calmo e preparei os planos fotográficos. Até o sol no meio da dispersão foi intencional, apesar de ser impossível de controlar”.

MichaelIce

MichaelIce2

Você pode acompanhar o trabalho do fotógrafo no Flickr.

Todas as fotos © Michael Davis

Anúncios

O Click exato de um Momento Raro

O fotógrafo australiano Evan Switzer flagrou uma cena de cortar o coração entre uma família de cangurus na última segunda-feira (11).

As imagens registradas por Evan mostram o momento em que uma mamãe canguru está morrendo e é amparada nos braços por seu parceiro.  O filhote, sem saber o que fazer, tocava a mãe suavemente enquanto ela dá seu último suspiro.
Evan disse ao Daily Mail Australia que fez o registro enquanto caminhava pela região de River Heads, cidade localizada nos arredores de Fraser Island, Queensland.

Ele também contou detalhes da cena que presenciou: “Eu vi o macho pegar a fêmea, parecia que ele estava apenas tentando levantá-la e ver o que estava errado com ela”, disse.

“Ele a levantava, mas ela voltava a cair no chão, ele a cutucava. Foi uma cena muito especial. Ele estava de luto pela perda de sua companheira”

Evan acrescentou ainda que, apesar de já ter visto muito animais morrerem durante suas perigrinações, nunca tinha presenciado um cena como esta.

bomba.jpg

 

Fonte: http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/da-para-acreditar/fotografo-flagra-momento-em-que-mae-canguru-morre-nos-bracos-de-seu-parceir?cmpid=tw-uolnot


Pai fotógrafo capta a intimidade da filha desde o nascimento até a vida adulta

Todos os pais e mães adoram registrar fotos de tudo o que fazemos durante a vida, nos colocando no papel de modelos em qualquer ocasião. Formando uma linha do tempo desde o nascimento até nossas conquistas mais valiosas, as fotografias parecem fazer sentido quando estamos mais velhos, fazendo até com que a gente sinta falta de não ter tirado mais.

Para não perder nenhum momento de sua filha, o fotógrafo Jack Radcliffe documentou a trajetória inteira de Alison, do nascimento até os atuais 30 e poucos anos da idade, em belas imagem preto e branco. A intimidade da jovem, com seus amigos e familiares, deram ao pai orgulhoso uma nova paixão: retratar as relações humanas. O processo documental afetou profundamente sua maneira de fotografar, que só mudou porque Alison também permitiu que o pai compartilhasse com ela momentos em que ninguém quer a família por perto, especialmente na adolescência.

As fotos mostram como a vida passa rápido e como somos feitos de fases, uma após a outra, cheias de mudanças, na maneira de se vestir, nas companhias e atitudes. Lá está ela, gritando e sangrenta, acabou se emergir da barriga de sua mãe. E então, lá está ela, meio sarcástica, com sua maquiagem de olho gatinho borrada, um cigarro balançando em seu braço, pendurado no namorado que se parece com encrenca“, escreveu o fotógrafo.

Radcliffe escreveu ainda, em sua página, que com o tempo a câmera se tornou parte da relação entre pai e filha, criando uma aceitação e tranquilidade. “Eu percebo que ao olhar as fotos criei uma história de vida visual da Alison, captando momentos de sua metamorfose de criança para mulher, seus relacionamentos com amigos, sua rebelião, e subjacente a tudo isso, seu relacionamento comigo, uma constante em toda a sua vida. Eu queria fotografá-la em todos os seus extremos, e fazer parte desses momentos em sua vida sem julgar ou censurar. Só desta forma eu teria um verdadeiro retrato de Alison”. E o resultado foi incrível:

alison1

Ano: 1978

Photographer-Documents-His-Daughters-life-1

Photographer-Documents-His-Daughters-life-36

Ano: 1982

Photographer-Documents-His-Daughters-life-2

Ano: 1987

Photographer-Documents-His-Daughters-life-3

Photographer-Documents-His-Daughters-life-4

Ano: 1988

Photographer-Documents-His-Daughters-life-5

Ano: 1989

Photographer-Documents-His-Daughters-life-6

Ano: 1990

Photographer-Documents-His-Daughters-life-7

Ano: 1991

Photographer-Documents-His-Daughters-life-8

Photographer-Documents-His-Daughters-life-9

Photographer-Documents-His-Daughters-life-10

Photographer-Documents-His-Daughters-life-11

Photographer-Documents-His-Daughters-life-12

Photographer-Documents-His-Daughters-life-13

Ano: 1992

Photographer-Documents-His-Daughters-life-14

Photographer-Documents-His-Daughters-life-15

Photographer-Documents-His-Daughters-life-16

Ano: 1994

Photographer-Documents-His-Daughters-life-17

Ano: 1995

Photographer-Documents-His-Daughters-life-18

Photographer-Documents-His-Daughters-life-19

Ano: 1997

Photographer-Documents-His-Daughters-life-23

Ano: 1998

Photographer-Documents-His-Daughters-life-20

Ano: 1999

Photographer-Documents-His-Daughters-life-21

Photographer-Documents-His-Daughters-life-22

Ano: 2001

Photographer-Documents-His-Daughters-life-24

Photographer-Documents-His-Daughters-life-26

Photographer-Documents-His-Daughters-life-27

Ano: 2002

Photographer-Documents-His-Daughters-life-25

Ano: 2010

Photographer-Documents-His-Daughters-life-28

Photographer-Documents-His-Daughters-life-29

Photographer-Documents-His-Daughters-life-30

Photographer-Documents-His-Daughters-life-31

Photographer-Documents-His-Daughters-life-32

Ano: 2011

Photographer-Documents-His-Daughters-life-33

Photographer-Documents-His-Daughters-life-34

Photographer-Documents-His-Daughters-life-35

 

 

Todas as fotos por Jack Radcliffe

 

Fonte: http://www.hypeness.com.br/2014/11/fotografo-capta-a-vida-da-filha-desde-o-nascimento-ate-a-vida-adulta/


Ele é o melhor fotógrafo de água do mundo, e essas 13 imagens assombrosas mostram o por quê

À primeira vista, estas fotografias parecem iminentes montanhas em um universo escuro encontrado em um romance de Tolkien. Mas olhe de novo: Estas imagens são realmente ondas do mar, capturados em seu ponto máximo. É quase assustador ver o quão poderosas elas parecem.

Considerado por muitos o melhor fotógrafo de água do mundo, Ray Collins é o homem por trás dessas imagens surpreendentes, que parecem capturar o momento mais crucial da onda, pouco antes dela quebrar e afundar de volta na água. Collins comprou sua câmera em 2007 com a esperança de fotografar seus amigos surfistas, mas rapidamente descobriu que tinha um talento especial para fotografar a água. Suas fotos foram tão bem sucedidas que ele trabalhou em campanhas internacionais para a National Geographic, Patagônia, e Apple.

As fotos abaixo são do site de Collins.


Especialista ensina segredos para fazer boas fotos com celular

Como usar o celular para aprimorar sua capacidade de fazer fotografias criativas?

Para o fotógrafo profissional, escritor e palestrante Grant Scott, a câmera do smartphone pode ser uma ferramenta para aprimorar a fotografia e atentar a fatores como luz, textura, forma, composição e justaposição – os elementos básicos da criatividade visual.

Para Scott, como cada um tem sua ideia e definição de “boa” fotografia, é mais importante se divertir fazendo os registros do que se preocupar com as fotos antes mesmo de registrá-las.

A prática com a câmera do smartphone pode ajudar a identificar elementos básicos da criatividade visual, como luz e forma
Grant Scott/BBC

A prática com a câmera do smartphone pode ajudar a identificar elementos básicos da criatividade visual, como luz e forma

“Tirar fotos apenas para ver como as coisas aparecem nas imagens pode ser uma experiência liberadora e a maneira perfeita de começar sua experimentação fotográfica”, diz o fotógrafo.

Sem preocupação com a mecânica da fotografia, afirma ele, é possível ficar livre para capturar imagens com foco apenas na estética. “Isso nos torna mais conscientes sobre nosso ambiente e sobre os elementos básicos que constituem uma fotografia bem-sucedida.”

Sem preocupação com a mecânica da fotografia, afirma Grant Scott, é possível ficar livre para capturar imagens com foco apernas na estética
Grant Scott/BBC

Sem preocupação com a mecânica da fotografia, afirma Grant Scott, é possível ficar livre para capturar imagens com foco apernas na estética

Primeiros passos
Para produzir “rascunhos fotográficos”, como define Scott, o caminho é se divertir, assumir riscos e experimentar, sendo mais intuitivo e menos cerebral. “A experimentação está na base da fotografia, mas nunca foi tão fácil e barata como hoje”, diz.

Uma boa maneira de começar a busca por “rascunhos” é dar uma volta em sua vizinhança com o telefone na mão e a câmera pronta para fotografar.

“Caminhe devagar e com atenção a qualquer coisa que atraia sua atenção. Pode ser uma placa, uma sombra, um velho portão, algo jogado fora, uma pessoa esperando o ônibus, alguma pichação, qualquer coisa que passaria despercebida em um dia comum.”

“Quando ver algo, faça uma foto e siga adiante. Não se preocupe com a imagem. Não julgue seus méritos nem a delete logo depois do registro”, sugere Scott.

Uma boa maneira de começar, diz Scott, é dar uma volta na vizinhança com o telefone na mão e a câmera pronta para fotografar
Grant Scott/BBC

Uma boa maneira de começar, diz Scott, é dar uma volta na vizinhança com o telefone na mão e a câmera pronta para fotografar

Ao final da caminhada, diz o fotógrafo, revise as imagens que criou. Se um padrão ou um tema aparecer, decida quais são as melhores imagens e tente entender por que chamaram sua atenção.

Linguagem visual
Ao continuar saindo para caminhadas dessa maneira, avalia o fotógrafo, você irá rapidamente desenvolver sua linguagem visual e um conjunto de fotos bem-sucedidas que refletirão seu olhar sobre o mundo.

Na avaliação do fotógrafo, mesmo registros simples podem revelar uma linguagem visual marcante
Grant Scott/BBC

Na avaliação do fotógrafo, mesmo registros simples podem revelar uma linguagem visual marcante

“Se você não gosta da ideia de caminhar em busca de ‘rascunhos’, use a mesma abordagem com um hobby ou uma pessoa amada. Comece a documentar esse objeto ou pessoa de diferentes ângulos e direções.”

E à medida que sua confiança e conhecimento crescerem, diz Scott, você pode se interessar em compartilhar suas imagens na internet.

Essa é uma boa maneira, avalia o fotografo, de verificar se suas imagens caem no gosto de uma audiência mais ampla, interessada no tema da foto ou em sua abordagem estética.

“E também pode ser o início de uma relação mais séria com a fotografia, e a partir daí as pessoas podem começar a vê-lo como um fotógrafo.”


Fotógrafo sul-africano resgata “erotismo jet set” vintage em imagens sensuais

Fotos de Henrik Purienne parecem ter sido tiradas em um verão dos anos 1970 repleto de belas mulheres, praias, piscinas e marcas de biquíni

 

Editora Globo (Foto: Henrik Purienne/ purienne.com)BELAS MULHERES, CALOR E POUCA ROUPA: CENÁRIOS DE HENRIK PURIENNE (FOTO: HENRIK PURIENNE/ PURIENNE.COM)

Se você tivesse que definir qual seria o melhor emprego do mundo, aposto que ele estaria próximo do que Henrik Purienne faz: aos 38 anos, ele fotografa belas mulheres com pouca roupa em meio a cenários paradisíacos a partir de uma estética retrô semelhante a um episódio de Charlie’s Angels, proibido para menores.

O sul-africano radicado em Los Angeles conta em seu site que iniciou a carreira dirigindo documentários, influenciado pelo realismo de cineastas como Eric Rohmere John Cassavetes. Mas o “hedonismo jet set” que marca sua arte veio muito antes disso.

Editora Globo (Foto: Henrik Purienne/ purienne.com)(FOTO: HENRIK PURIENNE/ PURIENNE.COM)

“Crescer na Cidade do Cabo afetou a forma como trabalho e vejo a vida… as mulheres, o sol, a praia. Sempre gostei de tirar fotos do que via e, durante as férias, passei a fotografar minha namorada; tudo começou assim”, disse ele ao jornal El País.

Purienne já levou sua estética “Polaroid” para ensaios na American Apparel, Maison Kitsuné e Costume National, onde fotografou top models do gabarito de Sky Ferreira e Emily Ratajkowski.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)UM DOS CLIQUES DO SITE (FOTO: HENRIK PURIENNE/ PURIENNE.COM)

E não para por aí: apesar de ter transportado seu universo de 70s para revistas como Vogue e Marie Claire, Purienne reserva sua faceta mais pessoal à Mirage Magazine, revista criada por ele mesmo em 2009, onde sua estética fica ainda mais clara.

Editora Globo (Foto: Henrik Purienne/ purienne.com)

“Gosto de mulheres fortes. Amo marcas de brancas de biquíni na pele, cheiro de protetor solar e dinheiro velho. A sensação de ter todo o tempo do mundo para não se preocupar com nada”. Quem não gosta, Purienne?

 

Fonte: http://gq.globo.com/Prazeres/Design/noticia/2015/12/fotografo-sul-africano-resgata-erotismo-jet-set-vintage-em-imagens.html


Que trabalhão! Conheça a rotina de um fotógrafo de animais selvagens!

Você já pensou em ser um fotógrafo da vida animal? Adora bater fotos dos seus animais de estimação e dos que aparecem em seu quintal? É, mas bater foto de um cachorro ou de uma joaninha parece ser um pouquinho mais fácil do que fotografar águias, crocodilos ouprimatas.

Esta é a rotina do fotógrafo profissional Joel Sartore, que tem como missão capturar imagens de espécies ameaçadas antes que estas venham a desaparecer por completo. Para mostrar um pouquinho do seu trabalho para o mundo, Joel filmou um dia de seu trabalho, e o resultado é este divertido vídeo onde ele precisa distrair os animais, limpar sua sujeira, organizar sua bagunça e, quando sobra um tempinho, bater fotos!

 


Fotógrafo ‘apaga’ smartphones de imagens para mostrar como a hiper conectividade nos tornou solitários

O fotógrafo norte-americano Eric Pickersgill removeu os smartphones e outros dispositivos digitais de alguns retratos cotidianos para criar a série “Removed”.

O objetivo do trabalho é mostrar como a tecnologia e a hiper conectividade estão deixando as pessoas isoladas e solitárias.

A inspiração para criar o projeto veio de uma cena observada num café em Nova York em que uma família sentada perto dele mostrava-se humanamente ‘desconectada’ mas digitalmente conectada.

Segundo ele, não havia muita conversa, o pai e as duas filhas estavam com seus smartphones na mão enquanto a mãe não tinha ou optou por não utilizar o seu e olhava tristemente pela janela, solitária na companhia de sua própria família, enquanto o pai soltava comentários esporádicos e sem sentido sobre alguma coisa que surgi em sua tela.

Veja as imagens:

portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-1portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-2portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-5portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-9portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-10portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-12portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-13portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-15portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-22portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-24portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-28portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-30portraits-holding-devices-removed-eric-pickersgill-33Via


‘Selfie’ no Dubai causa polêmica

Uma fotografia tirada por um casal no Dubai, tendo como fundo o hotel The Address Downtown Dubai, que se incendiou na Passagem de Ano, está a gerar polémica nas redes sociais. A legenda que acompanha esta ‘selfie’ é a causa da discórdia. “Feliz Ano Novo minha querida [cidade] Dubai. Que Deus de abençoe e te proteja, sempre nos surpreendeste com os maiores fogos-de-artifício”, é a frase que está a “incendiar” as redes sociais. Esta referência ao incêndio que causou dezenas de feridos gerou milhares de críticas.  A polémica imagem acabou por ser retirada das redes sociais pelo autor.

 

img_757x426$2016_01_03_12_21_39_505469_im_635874205414182988

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/selfie_no_dubai_esta_a_causar_polemica.html


Seis celulares com as melhores câmeras à venda no Brasil

Os celulares atuais contam com câmeras cada vez mais modernas e avançadas. Por isso, na hora de comprar um aparelho novo, é bem importante conferir se as fotos feitas pelo modelo são realmente boas. Para ajudar na escolha do seu novo smartphone, o TechTudo listou aqueles que têm as melhores câmeras disponíveis no mercado brasileiro.

Entre os dispositivos apresentados, é possível encontrar celulares de grandes marcas, como Apple,Samsung, Motorola e Sony. Embora os modelos possam ser um poucos caros, são realmente os melhores para quem procura um smartphone que faça bonito no quesito fotografia.

1 – Xperia Z5

Traseira do Xperia Z5 (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)
Traseira do Xperia Z5 (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)

Atualmente, o celular com a melhor câmera que pode ser comprado no Brasil é o Xperia Z5. O modelo tira fotos com 23 megapixels e usa a lente Exmor RS, que tem como destaque o autofoco extremamente rápido, de apenas 0,03 segundos. Isso permite que o aparelho capture imagens rápidas ou em movimento com muita qualidade.

Uma outra característica peculiar da câmera do Z5 é o seu Estabilizador de imagem híbrido, que une a estabilização ótica com a digital. Como resultado, temos vídeos com bem menos tremedeira que os feitos com celulares comuns. Vale ressaltar que o processador de oito núcleos do smartphone da Sony ajuda bastante no processamento dessas imagens.

O Xperia Z5 também possui botões físicos que facilitam a captura de fotos com uma única mão. Além disso, o seu zoom de 5X é um dos maiores do mercado, podendo aproximar o objeto sem grandes perdas de qualidade ou acréscimo de ruido. Seu preço, no Brasil, é de R$ 3.399.

2 – Galaxy S6 Edge

Câmera do Galaxy S6 Edge Plus (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
Câmera do Galaxy S6 Edge Plus (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

A Samsung não faz feio em seus últimos celulares top de linha. O S6 Edge possui uma câmera traseira de 16 megapixels com sensor Sony IMX240 que passou por várias melhorias se comparadas com a do Galaxy S5. Ela oferece estabilizador ótico de imagem, modo HDR em tempo real e uma lente com abertura de f/1.9. O software utilizado pela sul-coreana possui uma função que, ao tirar fotos em ambientes pouco iluminados, une várias imagens para conseguir a melhor possível.

As fotos registradas pelo Galaxy S6 Edge possuem um bom número de detalhes e baixo ruido quando fotografadas com luz natural. O seu autofoco é rápido, o balanço de branco é eficaz, e mesmo em ambientes de baixa luminosidade ele consegue capturar imagens com pouca granulação. No Brasil, o aparelho pode ser encontrado por cerca de R$ 2.335.

3 – iPhone 6S Plus

A câmera do iPhone está entre uma das melhores do mercado (Foto: Elson de Souza/TechTudo)
A câmera do iPhone está entre uma das melhores do mercado (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

O iPhone 6S Plus, versão maior do mais recente smartphone da Apple, também não poderia fazer feio com a sua câmera. A fabricante norte-americana sempre teve fama de produzir celulares com boas câmeras e desta vez não foi diferente, já que as fotos feitas com o 6S Plus são ótimas. O mais incrível é que os engenheiros da Apple colocaram um sensor de extrema qualidade em um smartphone muito fino.

Faça o download grátis o app do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no seu  ou iPhone

Um dos pontos altos da câmera iSight é que ela consegue melhorar a qualidade das imagens adicionando mais pixels mas sem aumentar o tamanho do arquivo. Por causa da largura do iPhone 6S Plus, que possui uma tela de 5,5 polegadas, manuseá-lo na horizontal para tirar fotos se assemelha muito a usar uma câmera compacta, do tipo CyberShot.

O sensor do iPhone 6S Plus preza pelo equilíbrio. Apesar de ser pequeno, ter 12 MP de resolução e uma abertura de f/2.2, ele tem uma boa exposição, autofoco rápido e tira boas imagens nas mais diversas condições de luz. O mesmo se pode dizer do balanço de branco. Em resumo, o iPhone 6S Plus possui uma das melhores câmeras do mercado, que é equilibrada – mas não excepcional -, em todos os aspectos. Ele está à venda no Brasil a partir de R$ 4.299.

4 – LG G4

LG G4 se destaca com sua câmera, que promete ser a melhor do mercado de smartphone (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
LG G4 se destaca com sua câmera, que promete ser a melhor do mercado de smartphone (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Assim com o o Galaxy S6 Edge, a câmera traseira do LG G4 faz fotos com 16 MP. Entretanto, diferentemente do seu concorrente, a abertura focal do G4 é de apenas f/1.8, uma das menores do mercado. Além disso, ela conta com estabilizador de imagem OIS 2.0. Em outras palavras, a lente do LG G4 captura mais luz e usa o hardware para eliminar trepidações na imagem, seja em foto ou vídeo.

O CSS (sensor de espectro de cores), uma tecnologia própria da LG, usa a tela do dispositivo para medir as condições de luz do ambiente e determinar o tom de branco da imagem correspondente. Isso resulta em cores mais equilibradas. Raramente veremos imagens com tons pendendo para o azul ou amarelo. O seu Flash LED duplo também contribui para essa maior fidelidade das cores.

Qual foi o melhor celular de 2015? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Além disso, a câmera frontal do G4 possui 8 megapixels. Ela permite que se tire selfies com muito mais qualidade e pouca granulação. O LG G4 pode ser encontrado no Brasil atualmente por cerca de R$ 1,8 mil.

5 – Moto X Style

A câmera do Moto X Style também não deixa nada a desejar (Foto: Divulgação/Motorola)
A câmera do Moto X Style também não deixa nada a desejar (Foto: Divulgação/Motorola)

A Motorola, em seus aparelhos anteriores, foi duramente criticada pela câmera que empregou nos dispositivos. Ela resolveu consertar esse erro crasso no Moto X Style, um dos modelos top de linha lançados esse ano.

A sua câmera traseira possui 21 MP de resolução e gera imagens com 5344 x 4008 pixels. Ela possui um flash LED de dois tons, que ajuda a capturar imagens com cores mais equilibradas e realistas.

A abertura da lente é de f/2.0. Não é uma das melhores, mas faz um trabalho mais do que satisfatório. No geral, juntando com o pós-processamento de hardware, temos imagens com um bom balanço de branco, exposição e nível de detalhes excelente. O Moto X Style pode ser comprado no Brasil por cerca de R$ 2 mil, sendo que em algumas promoções ele chega a ser vendido por até R$ 1,7 mil.

6 – Galaxy Note 5

Galaxy Note 5 possui uma câmera bastante equilibrada e de qualidade (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)
Galaxy Note 5 possui uma câmera bastante equilibrada e de qualidade (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)

O Samsung Galaxy Note 5 também é equipado com uma câmera de qualidade excelente. Assim como o sensor da Apple, ele é bem equilibrado e consegue tirar boas fotos nos mais diversos ambientes: abertos e bem iluminados; fechados e com pouca luz e fechados e com luz artificial.

Porém, o destaque da câmera do Note 5 vai para seus controles manuais. O software da câmera permite que fotógrafos mais experientes controlem parâmetros como o balanço de branco, velocidade do obturador, ISO, dentre outros.

Além disso, sua lente possui 16 MP de resolução e uma abertura focal de f/1.9, o que é excelente. Assim como outras câmeras top de linha, ela conta com os recursos HDR e Burst Shot. O pós-processamento também é eficiente na eliminação de possíveis trepidações na hora de registrar a imagem. Além disso, ele ainda tem a capacidade de gravar vídeos em 4K, para capturar todos os detalhes. O smartphone é encontrado por cerca de R$ 2,8 mil em diversas lojas varejistas.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2016/01/seis-celulares-com-melhores-cameras-venda-no-brasil.html