Fotografia de Casamentos, Gestantes, Books, Aniversários, Festas, Feiras e muito mais…

Posts com tag “google

Fotografia sem Memória?

fotografia,  focus fotografia,  escola de fotografia,  focus foto, fotografia curso, lola, fotografia sem memória, mercado fotográfico, softwares, hardwares do futuro, jovem consumidor, lembrança,  fotolivro, profissional, mercado saudável, instaquadros, fotoprodutos, plataforma integrada, instagram, redes sociais,  (11) 3107 2219,  fotografia urbana, dicas,  curso de fotografia, ana paula maciel nua, focus escola de fotografia,  curso de fotografia sp, vaga fotografo, fotos eróticas de cinco estudantes de escolas públicas de luziânia,  curso profissional de fotojornalismo, aulas de fotografia, vaga fotografo, escola de fotografia, curso técnico de fotografia em sp, curso profissionalizante de fotografia em sp, curso de fotografia em sp,   escola de fotografia focus,  cursos de fotografia,  como fotografar relâmpago, cursos de fotografia, fotografia de escola,  escola focus, focus, fotolivro online, melhor escola de fotografia em São Paulo, melhor curso de fotografia em sp,  focus, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, escola focus de fotografia, melhor curso fotografia sp, melhores cursos de fotografia do Brasil, melhores escolas de fotografia do Brasil,  melhores cursos de fotografia sp,  curso fotografia em são paulo,  melhores cursos de fotografia a distancia, escolas fotografia sp, curso de photoshop, escola fotográfica, melhores escolas de fotografia em são paulo,  dicas de fotografia, curso de fotografia online,  curso fotografo profissional sp, curso fotografia de moda, curso vip de fotografia, curso de fotojornalismo, enio leite, curso de casamentos e eventos, fotografia cursos, livro enio leite, livraria Saraiva, curso fotografo pericial, concursos de fotografia, curso fotografia casamento, melhores cursos de fotografias sp, notícias sobre fotografia, concurso publico fotografia, melhor curso de fotografia sp, curso fotografia publicitaria, focusfoto.com.br, fotografia curso, fotografias, curso fotografia profissional, cursos de fotografias, curso foto, melhores cursos de fotografias em sp, curso técnico de fotografia sp, cursos técnicos de fotografia sp, cursos profissionalizantes de fotografia

Memória guardada

Recentemente, o vice-presidente do Google, Vint Cerf, falou sobre uma questão super importante para o mercado fotográfico: sua preocupação de que não exista compatibilidade entre os arquivos que armazenamos hoje e os softwares e hardwares do futuro. O risco que se corre, segundo ele, é que permaneçam guardadas infinitas fotos e documentos que nós, ou nossos filhos e netos simplesmente não conseguirão “ler”. Seria tão difícil quanto tentar assistir a uma fida VHS hoje em dia, só que com maior escala.

Em outras palavras, sem foto imprensa, não há preservação da memória.

Mas o que é que essa reflexão tem a ver com o jovem consumidor de fotografia? Bastante, já que ele pode, no melhor dos cenários, imprimir muitas de suas lembranças, e no pior, não ter nada além de CDs, DVDs,  pen drives e HDs.

A foto impressa também foi tema de um estudo divulgado pela empresa inglesa Futuresource Consulting, que entrevistou consumidores nos Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido, com o proposito de compreender a preservação de nossa cultura.

Bem,  57% dos participantes disseram ter consumido fotografia impressa pelo menos uma vez no ano precedente, em diversos tipos de produto.

O dado mais interessante é que as pessoas entre 18 e 34 anos de idade representam o público mais propenso a consumir fotografia impressa. Juntos, à copia simples e o fotolivro representam 65% do consumo na amostra.

Mas voltemos ao Brasil e ao desafio de entender o consumidor atual por aqui. Será que o profissional  que atua no ramo sabe definir o perfil desses jovens?

Se souber, certamente poderá evoluir nos negócios e contribuir para um mercado mais saudável e inovador.

Na web –  O aplicativo Photopost, desenvolvido pela 256pc, amplamente divulgado pela imprensa especializada,  oferece o que muitos jovens gostariam de utilizar, mas que vários ainda não conhecem, o envio direto de imagens de smartphones e tablets  para impressão com poucos toques na tela.

O photopost sempre recebe atualizações e investimentos em divulgação via facebook e a 256px prepara também o lançamento de um novo app, para impressão de cartões postais com fotos via dispositivos móveis.

Segundo Allan Campos, outro empresário  do universo digital, o público jovem é atraído por produtos específicos. O fundador da instaquadros explica que o consumidor final dos produtos não é tão jovem quanto era esperado inicialmente.

“ A gente achou que seria um público bem jovem, porque nascemos já como uma plataforma integrada ao instagram. Mas a natureza de itens voltados para a decoração acabou mudando um pouco essa percepção.

O jovem brasileiro demora  para sair da casa dos pais, então as vezes não pode interferir tanto na decoração. “Por isso, os atraímos com produtos mais pessoais, como miniquadro, prisma, e o cartão”. Para campos, a expansão do portfólio é importante para atingir todas as faixas etárias, o canvas, por exemplo, é o carro chefe na instaquadros. Ainda estão no cardápio o metacrilato, jogo americano, porta-copos e outros intens.  Mas a  preservação ainda  continua ocorrendo em baixa escala.

Fora do Brasil, uma das líderes em negócios fotográficos na web é a norte-americana Shutterfly, com um modelo de negócios que oferta todo tipo fotoproduto online e via apps.

Existe hoje uma longa lista de fotoprodutos, seja no ponto físico, em sites ou via aplicativos. Estão todos à disposição do jovem consumidor, que compra cada vez mais pela internet. Alguns deles também querem passar por uma bela vitrine, conhecer novas opções e depois experimentar aquilo com seus próprios registros.

A receita para atrair esse consumidor certamente leva uma pitada de criatividade na oferta e bastante divulgação sobre todas as possibilidades da fotografia impressa.

A impressão da imagem  sempre foi fundamental para o resgate histórico da humanidade.

Fonte: http://focusfoto.com.br/fotografia-sem-memoria/

Anúncios

Manual Camera: As opções de uma câmara DSLR no seu smartphone

Depois da Google ter disponibilizado as APIs, que permitem que alguns dispositivos Android consigam capturar fotografias em formato RAW,  muitos utilizadores iniciaram a busca pela aplicação de fotos perfeita que lhes permitisse controlar todas as funcionalidades manuais.

Com esta procura por parte dos utilizadores de terminais Android chegou a aplicação Manual Camera, que promete oferecer aos smartphones Android total controlo sobre as normais funcionalidades manuais, a exemplo do que acontece hnas das câmaras DSLR.

A pura arte da fotografia tem-se diluído bastante com todas as inovadoras funcionalidades automáticas que as câmaras dos smartphones têm actualmente. Chegámos agora à época em que a câmara fotográfica, de um smartphone topo de gama, tem de ser capaz de capturar fotografias quase de qualidade profissional com um simples toque no ecrã, retirando quase todo o mérito ao fotógrafo.

Manual Camera Android DSLR

A introdução do suporte para fotografias RAW tem sido extremamente bem recebida por todos os profissionais do mundo da fotografia, que gostam de explorar um pouco mais as capacidades dos seus smartphones Android. A aplicação Manual Camera vem oferecer a base de software perfeita para que possam levar a sua fotografia “móvel” para o próximo nível.

Poderá comprar a aplicação directamente na Google Play Store por aproximadamente 1.5 euros, no entanto apenas ser possível utilizar esta aplicação em dispositivos que tenham o Android 5.0 Lollipop ou superior.

Fonte: http://www.techenet.com


O fim do Orkut e as fotos perdidas

Google anuncia fim da rede social que chegou a ser a mais popular no Brasil

 

Imagem: rep.

Em setembro a rede social que fez sucesso no Brasil deixará de existir. Com isso, milhares de fotos, posts e perfis vão sumir. Uma alternativa para o usuário será importar fotos, arquivos, posts para o Google+ e o Google Takeout. Vale relembrar que até o meio da década passada, oOrkut era a rede social mais querida e acessada por brasileiros. Chegou a ter mais de 30 milhões de usuários ativos e milhões de fotos descarregadas por mês. Depois veio Facebook, Twitter e Instagram para acabar com o reinado. Certamente muitos usuários desavisados perderão fotos em setembro. Outros tantos poderão buscar as fotos e armazenar em HDs e afins. O que pede atenção do ramo neste anúncio do Google é a questão da impermanência dos arquivos digitais nesses tempos de fotos esquecidas em PCs, redes sociais, cartões de memória, smartphones e tablets. Ainda bem que surgem iniciativas como “Eu Amo Foto no Papel”, que buscam conscientizar e valorizar fotografias impressas. Porque lugar de foto é no papel.


Confira as novidades apresentadas durante a PhotoImage Brasil 2013

PhotoImage 2013 - 09

 

Em nossa passada pela PhotoImage Brasil 2013 vimos algumas novidades interessantes para fotógrafos profissionais, entusiastas ou para aqueles que somente adoram tirar fotos para postar nas redes sociais. Entre os expositores era nítida a preferência dos visitantes pelos estandes da Canon e Nikon, que, como nas edições passadas, levou aos palcos grandes nomes da fotografia em palestras voltadas para fotógrafos profissionais.

PhotoImage 2013 - 01

PhotoImage 2013 - 02

PhotoImage 2013 - 03

O destaque do estande da Canon era a 70D, câmera DSLR muito aguardada por consumidores da linha intermediária da fabricante. Sucessora da 60D, é uma atualização em alguns aspectos, sem grandes mudanças – com exceção do novo sensor de 20,2 megapixels e um novo sistema de autofoco em Live-View mais rápido e preciso, o chamado Dual Pixel CMOS AF, demonstrado na feira.

PhotoImage 2013 - 04

PhotoImage 2013 - 05

Além da 70D, vimos a SL1, menor DSLR do mundo, anunciada pela Canon em março deste ano, e a EOS-M, primeira câmera mirrorless (sem prisma) da marca. Os novos modelos estarão à venda no site da Canon em outubro.

PhotoImage 2013 -  08

PhotoImage 2013 - 09

O estande da Nikon também estava bem movimentado. Além dos modelos profissionais de DSLRs e lentes, vimos uma enxurrada de novas câmeras compactas para todos os bolsos, entre elas a Coolpix A.

PhotoImage 2013 - 10

PhotoImage 2013 - 11

A Nikon Coolpix A é a câmera compacta mais avançada da Nikon. O equipamento veio para competir com as câmeras de bolso de alto desempenho (e, claro, alto custo) lançadas pelas outras fabricantes, tendência que vem se fortalecendo nos últimos anos. Ela possui um sensor DX (de tamanho semelhante aos encontrados em câmeras DSLR convencionais), uma lente fixa de 28mm com abertura de f/2.8, total controle manual e corpo fabricado em alumínio.

Outro destaque, para aqueles que gostam de estar sempre conectados é a Nikon S800c, uma câmera compacta com Android (infelizmente a versão 2.3 Gingerbread. Isso em pleno 2013!), acesso a todos os aplicativos da Google Play, conexão à internet via Wi-Fi e GPS integrado.

PhotoImage 2013 - 12

Não vimos por lá a Sony (com suas linhas Alpha e Nex), nem a Samsung (que vem investindo cada vez mais em câmeras fotográficas), e também nada da Panasonic, o que que achamos bem estranho. Isso foi bom para as outras empresas, que ganharam mais detaque, como é o caso da Fuji com suas câmeras compactas de alto desempenho e design retrô, além da ousada linha X de sistemas de lentes intercambiáveis. Destaque para a XE-1, com sensor APS-C e visor eletrônico OLED com 2,36 milhões de pontos de resolução.

PhotoImage 2013 - 13

Em meio aos sempre lotados estandes de produtos voltados à indústria fotográfica como fotolivros, impressoras de alta qualidade e os mais diversos acessórios. No campo tecnológico percebemos que ainda há uma certa dificuldade por parte dos grandes fabricantes em tornar disponíveis ao público (em tempo e a preços mais coerentes) as novidades da feira no Brasil.

Conversamos com representantes das principais fabricantes e a resposta foi unânime: impostos. Mas sabemos que não é só isso, não é verdade?

PhotoImage 2013 - 15

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/eventos/Confira-os-destaques-da-PhotoImage-deste-ano/#ixzz2eVuZqFkV
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.


Cinco aplicativos gratuitos para organizar fotos

Conheça Os Aplicativos Mais Usados Para Organizar Fotografias Para Os Sistemas IOS E Android

 

 

Quem diria que com chegada dos primeiros celulares com câmera fotográfica em 2002 o acesso ao registro fotográfico fosse democratizado e popularizado entre milhões de usuários?! Com os smartphones ganhando o mercado tecnológico há dois anos e os sistemas operacionais Android e IOS cada vez mais completos, temos uma infinidade de aplicativos disponíveis para todo tipo de gosto.

É claro que a fotografia não ficaria de fora dessa, existem centenas de aplicativos que possibilitam recursos cada vez mais inovadores que transformam sua fotografia em um belo trabalho. Além disso, os aplicativos organizam suas fotos e possibilitam edições como recortes, filtros, montagens que dão um toque especial em suas fotografias. Conheça os cinco aplicativos gratuitos mais indicados disponíveis na internet para organizar suas fotografias.

Nero Kwik Media

Aplicativo gerenciador de mídia que serve para organizar fotos, vídeos e músicas em seu computador, tablet ou smartphone.

Desenvolvedor: Nero

Compatibilidade: Android e IOS.

Link para baixar: http://www.nero.com/ptb/products/nero-kwik-media/

Astro

Gerenciador de arquivos disponível no Google Apps. O app tem mais de 40 milhões de downloads e organiza documentos, fotos, vídeos e músicas.

Desenvolvedor: MetAgo

Compatiblidade: Android e IOS.

Link para baixar: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.metago.astro&hl=pt_BR

Flickr

Aplicativo para organizar e guardar fotos. A Flickr disponibiliza um terabyte para seus usuários armazenarem suas fotos. É muito espaço e dá para colocar todas as suas fotos em um só aplicativo, além de um editor de fotos incorporado ao app.

Desenvolvedor: Yahoo! Inc.

Compatiblidade: Android.

Link para baixar: http://www.flickr.com/

Photobucket

Organize suas fotos em uma plataforma fácil e multifacetada. O Photobucket possibilita ao usuário fazer edições e recortes de imagens.

Desenvolvedor: Photobucket Corporation

Compatibilidade: Android e IOS.

Link para baixar: http://photobucket.com/mobile

Cofre Keepsafe

As fotos desaparecem de sua galeria de imagem e ficam bloqueadas por uma senha. O aplicativo é fácil de usar e garante privacidade aos usuários que tem aquelas fotos que não quer que ninguém veja.

Desenvolvedor: KeepSafe

Compatibilidade: Android e IOS.

Link para baixar: http://www.getkeepsafe.com/


O desafio de tornar o Flickr incrível novamente

O novo Flickr

 

 

[Hands-on] Novo Flickr: uma maquiagem é capaz de ressuscitar um site? (Gizmodo Brasil): “Quando Marissa Mayer largou o Google para liderar o Yahoo, a Internet pediu em coro: conserte o Flickr. Negligenciado por anos, sofrendo com o descaso, abandono e decisões controversas, o site, uma das primeiras comunidades online e referência em fotografia na rede até meados da década passada, precisava…”

Leia a materia completa clicando aqui!


Jornada Fotográfica registra natureza do Parque da Cantareira

Amantes de fotografia, história e da cidade de São Paulo têm a chance de explorar as nuances da capital paulista através do olhar atento e reflexivo das câmeras.

Em agosto, o Museu da Cidade de São Paulo promove mais uma jornada fotográfica sob coordenadoria de André Douek, dessa vez no Mirante da Casa Grande. A saída fotográfica acontece no dia 17 de agosto, a partir das 9h e o ponto de encontro será na entrada do Parque Estadual da Cantareira, no núcleo Pedra Grande.

A atividade acontece no dia 17 de agosto, das 9h às 12h

A atividade acontece no dia 17 de agosto, das 9h às 12h

Localizado a 20km do centro de São Paulo, o parque é uma zona remanescente de mata atlântica composto por 7.900 hectares, o que o torna uma das maiores florestas urbanas do mundo. O local abriga animais ameaçados de extinção, como o macuco e o gato-do-mato, por exemplo. O Mirante da Casa Grande fica localizado dentro do parque e possui mais de mil metros de altura.

Para participar da jornada fotográfica, é necessário fazer inscrição até o dia 16 de agosto pelo site museudacidade.sp.gov.br, gratuitamente.


Fotografia de rua com o Google Glass

Acessório pode mudar a fotografia de smartphones

 

Fotos: Koci Hernandez 
O fotógrafo Richard Koci Hernandez, da Koci Studios, ganhou um concurso do Google que lhe deu a oportunidade de adquirir o Google Glass. Por meio do acessório, Koci captou imagens que mostram o ponto de vista de um fotógrafo de rua ocasional, e como isso pode mudar o jeito com que as pessoas fotografam com smartphones, que ficou popularmente conhecido como “apontar e disparar” – em inglês, point-and-shoot.
Para tirar fotos, Koci só precisa apertar um botão na parte superior direita do Google Glass. Ele comenta que é como se você estivesse simplesmente ajustando seus óculos.
Segundo Koci, a qualidade das fotos também impressiona. Mesmo com apenas 5MP de resolução, o Google Glass apresentou qualidade superior às câmeras de outros dispositivos móveis, como a do iPhone 5. Veja o comparativo:
Foto tirada com o Google Glass
 
Foto tirada com o iPhone 5
 
Confira outras fotos no Instagram de Koci.

O lado ácido da fotografia: Prostituição fotográfica

Postado por: Alexandre Maia

 

via blog do PH  Nunez / facebook do Jão Vicente

Um amigo meu, o supracitado Jão Vicente, divulgou em seu perfil questionamentos sobre a prostituição fotográfica, com base em um texto de outro fotógrafo, PH Nunez, e em uma situação, segundo ele, bastante semelhante, que teve da parte dele, inclusive, a mesma atitude. Ponho aqui o texto original do PH e comentários do Jão, e mais breves palavras minhas para complementar.

Se alguém tiver mais comentários, links de textos/vídeos para acrescentar à discussão, fique à vontade — os comentários estão abertos!

Olá pessoal.

Como o meu site é de cunho pessoal, me sinto no direito e obrigação de tratar sobre um assunto que a muito tempo vem tirando minha paz. Se refere à banalização da fotografia. Mas eu prefiro usar o termo “prostituição fotográfica”. Pois é exatamente isso que tenho visto.  Há muito tempo que vários profissionais da área da imagem vem discutindo sobre esse tema. Seja por “fotógrafos” que divulgam em sites, como exemplo Peixe Urbano, book com 50 fotos por R$100,00.

Essa semana me deparei com um cidadão (cujo nome me recuso a divulgar) que estava oferecendo no Facebook um book com 15 fotos por nada mais nada menos que R$25,00 (vinte e cinco reais). É isso mesmo! Por esse motivo é que decidi me manifestar.

Eu não resisti e tive que escrever para o suposto “fotógrafo”. Primeiramente questionei qual equipamento ele utilizava para fazer o “trabalho” dele. Ele apenas me respondeu: “Minha camêra” (Sim, exatamente assim). Logo em seguida questionei se ele sabe o que é Obturador e Diafragma. Ele não se pronunciou mais, provavelmente estava no Google pesquisando. Enfim…

Depois eu pensei comigo: “Eu deveria esperar uma resposta coerente de alguém que cobra R$1,06 centavos por foto?”. No mínimo essa pessoa não fez faculdade; não gastou tempo estudando, praticando, aprendendo; não dispôs de dinheiro para investir em equipamento bom, em lentes claras e não sabe nem a teoria que está envolvida num “click” de uma câmera fotográfica. SE ele souber como funciona uma câmera. Sem falar que R$25,00  não paga nem o frete de qualquer equipamento que eu venha comprar.

Eu não estou aqui discutindo valores. Estou aqui para discutir a UTILIZAÇÃO da imagem; o PENSAR fotográfico; afinal de contas todo fotógrafo que se preze PENSA, OBSERVA antes de disparar um clique; pois fotografia é mais que um clique. Certamente essa pessoa não estudou Teoria da Imagem ou mesmo pagou cadeira de Laboratório ou Computação Gráfica; certamente não sabe quem foi Pierre Verger; Ansel Adams; Henri Cartier-Bresson, entre tantos outros.

A fotografia tem a faceta de DESTRUIR uma imagem, como bem tem o poder de fazer alguém se tornar LINDO. E esse é a diferença de um profissional e alguém que se intitula “Fotógrafo”. Vamos refletir a respeito disso. O melhor profissional não é aquele que cobra rios de dinheiro para fotografar; tampouco é aquele que cobra R$25,00 por um BOOK. Antes de contratar um PROFISSIONAL (ou alguém que se diz ser) analise seu portfolio, questione a formação, converse com seu fotógrafo, troque ideias. REFLITA sobre a imagem. Pois não é simplesmente sair apertando o dedo no botão da câmera.

Fazer o momento cego do fotógrafo valer a pena é para poucos. É preciso parar, pensar, analisar e fotografar.  (Quem realmente AMA a fotografia e se importa com o rumo em que ela caminha entenderá essa frase).

Atenciosamente,

P.H. Nunez.

Sobre os preços cada vez mais baixos, Jão Vicente comentou:

(…) Infelizmente estamos cheios de colegas “profissionais” que fazem isso, (ou parte) e vendem por R$29,90 seu trabalho.

“Ahh, é que estou começando agora, sou inferior, não tenho nome, não tenho tanto equipamentos assim.”

Resposta: A cerveja daquele bar “chechelento” e fedido custa o mesmo valor em um bar oficial da cerveja.

“Ahh, mas meu concorrente faz isso. “

R: Sim e daí? Você tem base do seu trabalho no preço do cara ao lado?

Então amigo(a), NÃO SE PROSTITUA! Pense em tudo que você ralou para conquistar no seu ramo profissional (Se é que Ralou).

Agora, você tem equipamentos maravilhosos, tem um belo estúdio, tem dinheiro, e se prostitui? MUDE DE PROFISSÃO! Seja um garoto(a) de programa. Afinal, você insiste em seguir esse ramo!

 

 

Particularmente acho que nem a desculpa de que faz com imenso prazer seu trabalho e o dinheiro não deve ser tão prioritário assim, que tal ouvir uma ex-profissional do ramo dos programas? (sim, falo de prostituição mesmo)

Vejam as palavras dela no Agora É Tarde, do humorista Danilo Gentili, aos 2:03, quando ele perguntou se ela já trabalhou por prazer: “Sempre. Eu nunca faço nada da minha vida sem sentir prazer” (veja a entrevista no final do artigo). E na mesma mesma entrevista ela confirma o que consta em um de seus livros e também no filme feito com sua história: um de seus locais de trabalho chamava-se “Vintão”, porque cada trabalho tinha o preço de R$ 20. Hmm, já sei que trabalho sugerir quando algum fotógrafo barateiro disser que está muito apertado, porque os clientes pagam uma mixaria!

Se quiser fazer de graça, faça por hobby, sem tomar lugar de profissionais. Se pretende trabalhar sem cobrar, leia este texto e pense se está fazendo a escolha conscientemente ou apenas deixando-se levar: 12 desculpas para fotografar de graça — e porque todas elas são falsas.

Um abraço!

– See more at: http://www.fotografia-dg.com/prostituicao-fotografica/?utm_source=MailingList&utm_medium=email&utm_campaign=O+melhor+do+Fotografia-DG#sthash.xExY5qFX.dpuf

 

Fonte: http://www.fotografia-dg.com


Convites para Casamento na Praia

 

Convite | Casamento na Praia

Quando gostamos da capa muitas vezes compramos o livro ou a revista, nao é?
E se o conteúdo deste livro for uma história verdadeira e romântica como a sua chamará muita mais atenção.
Na criação da arte dos convites, o seu comprometimento é fundamental.

Dos preparativos para o grande dia o convite é o carro-chefe para deixar a primeira impressão aos seus convidados. Sem contar que ali estarão todas as informações que os guiarão para a celebração como por exemplo como chegar no local da cerimônia, dicas do que vestir e tudo o que for necessário para os deixar confortáveis.

Em primeiro lugar lembre-se que o tempo é um fator importante, prepare os convites com um espaço mínimo de 4 meses antes do grande dia.Vai depender do seu planejamento financeiro a escolha do design do convite. Explore o tema praia o que poderá ser tanto convecional como extremamente artesanal e criativo. As fontes para a escrita também. Como em todos os aspectos desta cerimônia, o casal deve decidir o que mais se adequa em sua história.

Nutra sua imaginação de temas praianos como conchinhas, estrelas do mar, sisal, cores areia, azul esverdeado para que o design perfeito se enquadre em sua história. Algumas empresas oferecem muitas opções e com sofisticação.Uma dica bem interessante, seriam enviar garrafinhas de náufrago. Criativas e originais as garrafinhas poderão conter uma mensagem especial sobre o casal e serem personalizadas. Vale lembrar que as garrafinhas poderão ser um objeto de decoração para seu convidado. Então numa das pesquisas do GOOGLE encontramos esta idéia eco-friendly, pois utiliza-se o papel reciclado. Os artigos utilizados são fáceis de achar e acessíveis. Para a arte da mensagem na garrafa foi usado papel reciclado que foi queimado nas pontinhas. Uma dica bem decorativa, não acham? Sem contar que é super original!

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia

Convite | Casamento na Praia Convite | Casamento na Praia